sábado, 9 de março de 2013

Conhecendo a natureza humana – Parte II


Dando continuidade em nosso estudo sobre a natureza humana, este mês vamos conhecer a forma como Deus criou o homem e entender porque ele é hoje pecador por natureza.  No estudo do mês passado vimos que o homem está em busca de algo que lhe falta, que possa lhe preencher, completar, realizar e satisfazer sua vida e tem buscado de muitas formas de dar sentido a vida tentando alcançar satisfação, realização e felicidade.


A NATUREZA DO HOMEM: a bíblia nos diz que, Deus criou o homem à sua imagem “Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou” (Gênesis 1:27). Mas em que sentido o homem é semelhante a Deus? Em Gênesis 1:24 todos os seres viventes  foram criados da terra conforme a sua espécie. A Escritura nos diz que o que distingue o homem dos animais é precisamente a imagem de Deus. Portanto, a imagem de Deus não pode se referir ao corpo do homem nem a sua aparência. Em Deuteronômio 4:15-18 diz que Deus não tem forma alguma, ou seja, quando Deus falou com o povo em Horebe no meio do fogo Deus não tinha aparência nenhuma, portanto o povo deveria ter cuidado em não criar imagem esculpida de ídolo que tivesse semelhança de homem ou mulher ou de qualquer espécie de animal. Ser a imagem de Deus significa que o homem é uma mente racional. A mente racional do homem é a semelhança de Deus e o seu ponto de contato com ele. 
A QUEDA DO HOMEM: Deus fez o homem reto, justo e bom (Eclesiastes 7:29), Adão foi criado  à imagem divina. O homem tinha um corpo perfeito, habitava em um lugar perfeito e mantinha um relacionamento perfeito. “ Tomou, pois, o SENHOR Deus ao homem e o colocou no jardim do Édem para cultivar e o guardar, E o SENHOR Deus lhe deu esta ordem: De toda árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e mal não comerás, porque, no dia em que dela comeres certamente morrerás”(Gn 2:15-17). O primeiro homem possuía uma vida saudável em todos os aspectos (espiritual, psíquica e biológica). Mas Satanás veio na forma de uma serpente, enganou a mulher e a fez comer da árvore, e ela conseqüentemente, deu a Adão do fruto da árvore. Ambos pecaram contra Deus, o pecado quebrou a comunhão perfeita, e isso trouxe grandes conseqüências. Por causa da queda espiritual, nada mais era perfeito. Não existia morte, nem doenças e depois da queda ele passou a sentir dor, a ter que trabalhar duro para seu sustento e morte (Gn 3:1-13). O pecado produziu efeitos devastadores da humanidade. Em Romanos 5:12  diz que quando Adão caiu em pecado, toda a humanidade caiu com ele. “Por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram”.              
No próximo estudo daremos seqüência neste assunto e aprenderemos que o homem agora precisa nascer de novo, para manter um relacionamento com Deus através de Cristo Jesus. Até lá!

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pedir perdão em vez de pedir desculpas

Pedir desculpas é bíblico? Não! Pedir desculpas não resolve completamente a ofensa, pois duas pessoas podem sair de uma conversa sem sab...